2 de agosto de 2017

[Resenha] Quilômetros Cinza e Outros Contos de Cabeça - Rob Camilotti

TÍTULO: Quilômetros Cinza e Outros Contos de Cabeça
AUTOR (A): Rob Camilotti
PÁGINAS: 106
CLASSIFICAÇÃO: 4/5 ❤❤❤❤
ONDE COMPRAR:  Amazon 
*Livro cedido de parceria* 
Sinopse: Não se engane, é só nos contos que um simples relato ganha ares de aparição e de brevidade, é só através deles que se pode dizer muito, falar do que é mais essencial valendo-se de poucas palavras, que se pode testemunhar ao infinito a beleza do instante. Em cada um desses dezesseis contos, você tem o melhor da narrativa contada, o impossível tornado verossímil graças ao milagre da imaginação em cumplicidade com a boa técnica da literatura. Em cada um desses dezesseis contos, temos personagens ricos com os quais nos envolvemos e nos surpreendemos a cada página, além de reflexões e histórias incríveis que, podem ter certeza, nunca sairão do imaginário do mais cético e racional dos leitores.

Resenha
            Hoje trago a resenha de Quilômetros Cinza e Outros Contos de Cabeça, uma coletânea de contos do autor Rob Camilotti. O livro possui 16 contos, que foram escrito no Blog do autor, link.
            O livro começa com o conto Quilômetros Cinza, o que dá nome ao livro, irei dá uma pincelada nos contos que me chamaram atenção. O primeiro conto, como foi dito, se chama Quilômetros Cinza, se passa em uma São Paulo coberto de neve, todos os meios de comunicação avisam aos moradores para ficarem em casa, porém Hiroilto resolve sair, aparentando nenhum motivo, quando no meio da nevasca avista um garotinho, sem pensar duas vezes ele deixa o carro e ajuda o menino. Depois de bater papo com o menino percebe que estava em perigo.
“A pista estava escorregadia por causa de uma crosta de neve que, com alguma rapidez, acumulava-se nas bordas, quase que se estendia a um rio congelado. Tinha de ser ligeiro no resgate ao menino.”
            Uva verde é o nome de outro conto que me chamou atenção. Ele trata de dois feiticeiros que faziam uma travessia no deserto, para fortalecer suas magias, quando viu um andarilho sentado aos pés de uma árvore. Chegando mais perto viram que próximo a árvore havia um lago seco, perguntaram se o andarilho queria ajuda, porém ele teria que implorasse pela ajuda dos feiticeiros. O andarilho orgulhoso não implorou. Os dois conjugaram um feitiço e fizeram surgir dois copos com suco de uva verde, o preferido do homem, fazendo com que ele se rendesse. O inusitado aconteceu, após o velho implorar os feiticeiros derramaram o suco nas areias do deserto, Fazendo com que o pobre homem ficasse furioso, mas o incrível aconteceu depois de o suco ser absorvida pela terra o lago seco começou a encher com uma água limpa fazendo com que a árvore ganhasse vida e assim crescesse frutos. Entendi que mesmo não conhecendo algumas pessoas, devemos dá um voto de confiança e não ver só o lado negativo de algumas atitudes, mas também o lado positivo.
“Pelos dias que se seguiram, o andarilho pôde matar a fome na caça dos bichos que se aproximaram do lago para se refrescarem e sede, recuperando-se.”
Alguns contos possuem certo suspense, como é o caso do Arquipélago dos Morangos que me deixou com certa ansiedade. Um grupo de crianças saem na cidade à procura de um tesouro perdido, mas uma noticia que surpreendeu a todos na cidade foi o aparecimento de um morango (corpo) morto na baía. Os garotos curiosos vão atrás do tal assassino. O que não esperavam era que...
PS: Não posso contar hahahaha
“– Porque o nosso tesouro agora é outro... O assassino é o nosso novo baú cheio de ouro, um tesouro muito valioso.”
O autor também traz temas atuais e delicados, como no conto Cartas de um pai ao filho, Cartas do Filho ao Pai que relata a sofrida realidade que os refugiados enfrentam. Como o próprio nome diz a historia é escrita através de cartas enviadas do filho ao pai e vice versa. Gostei muito deste conto pelo motivo dele mexer muito com o leitor, pois envolve um tema delicado. Nesse conto os refugiados, como hoje em dia, não são aceitos em alguns países, tendo que enfrentar muito preconceito e medos para ter uma vida melhor. Devemos abrir nossos olhos e ver que os refugiados precisam de ajuda, que eles estão apenas procurando uma vida segura.
–... Estamos fugindo porque as coisas andam cada vez piores e as bombas só aumentam de tamanho. De onde vem tanto ódio? Que a gente fez para eles? (Filho ao Pai).”

Esses foram os contos que mais me chamaram atenção. Rob possui uma escrita muito boa, o que faz com que a leitura flua de uma forma sem igual. Uma coisa que me deixou, como leitor, um pouco ansioso foi alguns contos não possuírem uma conclusão exata. Quilômetros Cinza e Outros Contos de Cabeça é uma coletânea muito boa e rápida de se ler, gostei bastante e recomendo para quem gosta de contos incríveis e surpreendentes.
Venho também agradecer ao Rob pela linda parceria que ele proporcionou ao blog.


Share:

12 comentários:

  1. Eu adoro livros de contos, muita gente não gosta mas acho eles bem interessantes, são infinitos contados em poucas páginas. Achei a premissa dos contos que você demonstrou muito boas e vou me informar mais sobre o livro!

    Adorei!

    Beijinhos da Paty ;)

    http://patybookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paty
      Gosto também de livros de contos, conheço pessoas que não gostam, preferem ficar no mesmo gênero literário de sempre. Indico a coletânea.
      Abraço!
      Folha de Pólen

      Excluir
  2. Eu nuca li livros de contos (minha vida de leitora é curta) e fiquei bem interessada nesse livro, parece ser ótimo e bom que contos são curtinhos e você pode ler cada dia um conto é incrível.

    Beijinho da Jhenny

    https://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Eu não li muitos livros de conto, mas os que li gostei muito, também tenho uma vida literária não muito longa haha. Os contos serem curtinhos ajuda muito na hora da leitura, isso fez eu ler essa coletânea muito rápido.
      Abraço!!!
      Folha de Pólen

      Excluir
  3. Andei lendo contos no mês passado e agora fiquei apaixonada,o único ponto negativo e que se vc gostar dá história e querer mais n vai ter kkk bjos adorei o post 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aleituramagica.wordpress.com

      Excluir
    2. Olá
      Faz um tempinho que comecei ler contos e também gosto muito. Concordo com você, as vezes o conto é muito bom e acaba, deixando aquele gostinho de quero mais haha
      Abraço!!!
      Folha de Pólen

      Excluir
  4. Oi, Marcelo, tudo bom? Caramba, me deu nota 4 de 5! Obrigado mesmo! Obrigado também pela parceria e que outras muitas sejam firmadas nesse blog!

    Sucesso p/ nós dois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rob, tudo sim e você?
      Gostei bastante da coletânea. Eu que tenho a agradecer a parceria que fizemos. Que outras venham.
      Um grande abraço e sucesso.
      Folha de Pólen

      Excluir
  5. Olá, esses contos parecem ser muito bom, fiquei curiosa sobre o conto das crianças aquele que envolve o assassino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Sim os contos são muito legais, alguns emocionam muito. Esse do Arquipelago dos Morangos é uma mistura de suspense com suspense haha gostei bastante dele.
      Abraço!!!
      Folha de Pólen

      Excluir
  6. Amo muito livros de contos, fiquei curiosa, me pareceu bem poético a partir da sinopse <3

    ResponderExcluir